SACA SÓ I 

 RUA FLORÊNCIO DE ABREU | SP 

FICHA TÉCNICA
  • Projeto: Urb-i + La Galeria de Magdalena 

  • Status: Implementado - 2016 maio 

  • Local: Rua Florêncio de Abreu, São Paulo, Brasil

  • Equipe :  Carolina Guido, Reichel Congosto, Isabela Arenas, Fernanda Mercês, Henrique Vital, Paulo Franco, Rimas Inoar , Jamilah Sabur, Yuval Fogelson

  • Parceiros: La Galeria de Magdalena, Vital Paisagismo, Estúdio Lamina

PROJETOS

A IDÉIA

O projeto nasceu da nossa vontade de transformar a cidade em que vivemos. Do vício por mapas e por viajar no streetview, surgiu o projeto de mapeamento de espaços residuais. Nele, destacamos pontos de oportunidade: espaços públicos que estão sendo subutilizados e que poderiam ganhar uma nova vida e dinâmica com um pouco de tinta e boa vontade.

O Saca só é nome da série de intervenções que estamos realizando em São Paulo com o intuito de chamar a atenção para o espaço público “invisível”. O objetivo é inspirar a população sobre o poder de transformar e trazer questionamentos sobre o uso do espaço público e maneiras de produzi-lo.

PROJETO E EQUIPE

A primeira intervenção da série “Saca só”, aconteceu em um pequeno alargamento na calçada, anexo ao Shopping 25 de Março, no viaduto da Rua Florêncio de Abreu, centro de São Paulo.

Durante o dia, o ritmo na região é frenético com ambulantes, pessoas e carros dividindo o espaço da rua. À noite, o ambiente se mostra bastante inseguro e inóspito: sujo, abandonado, com a presença de moradores de rua ao redor... como é a realidade atual de grande parte do centro antigo.

Com a mentoria do coletivo espanhol La Galeria de Magdalena ,realizamos essa primeira ação bem antes do que esperávamos. Em algumas horas de trabalho durante três dias em Junho de 2016, realizamos rapidamente a análise local, limpeza, experimentação efêmera e, em seguida, temporária através da pintura do piso e montagem do mobiliário in loco.

#sacaso p01
#sacaso p02
#sacaso p03
#sacaso p04
#sacaso p05
#sacaso p06
#sacaso p07
#sacaso p08
#sacaso p09
#sacaso p10
#sacaso p11
#sacaso p12
#sacaso p13
#sacaso p14
#sacaso p15
#sacaso p16
#sacaso p17
PROCESSO E ACOMPANHAMENTO

Durante o processo, contamos com a contribuição do Henrique Vital, da Vital Paisagismo , que já havia nos contatado anteriormente com o intuito de realizar uma ação em parceria e também da artista plástica norte americana Jamilah Sabur.

A intervenção ocorreu com o acompanhamento da população do entorno, que aos poucos compreendeu que se tratava da transformação de um espaço sujo e maltratado, em um novo lugar para interação e lazer público. A mudança do comportamento das pessoas em relação ao local foi quase imediata!

Após a semana de intervenção, a mini-praça foi observada diariamente durante um mês pelo coletivo espanhol Las Magdalenas, que fez a gestão local, realizando manutenção e acrescentando equipamentos como a Biblioteca colaborativa. A partir de então, a Urb-i iniciou a etapa de acompanhamento, em que também realizou limpeza e manutenção e observação da dinâmica local.

No final de Maio de 2016, o projeto foi apresentado em uma oficina ministrada pela “Galeria de Las Magdalenas” no SESC CONSOLAÇÃO.

A experiência é contínua, com falhas e sucessos, parte da construção de uma nova lógica em que se valorizam as pessoas. Observando a experimentação e todo o processo, o mais desafiador sem dúvida é a gestão: a manutenção e consolidação deste espaço como um novo lugar. Uma dinâmica complexa, porém, acima das expectativas da população local que viu o espaço sendo utilizado e limpo, porém, abre questionamento sobre os próximos passos.

#SACASÓ

SAIBA MAIS >>

urb-i